Adicionado ao cesto
  1. Home
  2. Blog Brother Portugal
  3. Gestão documental
  4. 2020
  5. Quatro conselhos para digitalizar no seu escritório em casa
Quatro conselhos para digitalizar no seu escritório em casa

Quatro conselhos para digitalizar no seu escritório em casa

A digitalização consiste em converter os documentos de papel em ficheiros digitais e é a melhor forma de organizar o espaço que tem definido para trabalhar em casa.

Com a intenção de reduzir a desordem, aumentar a segurança e acessibilidade aos seus ficheiros, e prepará-lo para um futuro onde vai prevalecer o trabalho com ‘menos papel’ em vez de um lugar ‘sem papel’, revelamos alguns dos nossos principais conselhos sobre a digitalização:

1. Iniciar o processo

  • Diminuir o papel supérfluo – Antes de começar a sua viagem no mundo da digitalização, poupará tempo e esforços ao eliminar documentos duplicados, desatualizados ou desnecessários. Tem que ser mais inflexível com a seleção;
  • Estabelecer um plano de digitalização – O formato não é a única diferença que há entre um arquivo digital e um em papel; habitualmente necessitamos mudar a estrutura dos documentos. Tenha em conta como tem arquivado os seus documentos em papel e pense que ao digitalizá-los poderá otimizar esse processo.

2. Organizar e gerir o seu sistema digital de arquivo

  • Organizar por pastas – Dedicar tempo a esquematizar o seu sistema de arquivo digital evitará que tenha que mudar, mais à frente, documentos no processo de digitalização. Organize os seus arquivos com nomes consistentes e crie pastas com palavras chave. Pode considerar que por exemplo é mais apropriado organizá-los por meses (ex. Faturas > 2019 > Maio) ou criar subpastas dedicadas a determinada tarefa (Cliente > Projeto > Faturas);
  • Ter um backup – Aproveitar a digitalização através do armazenamento na nuvem significa que poderá aceder aos seus ficheiros a partir de qualquer lugar, reduzindo o risco de perda, a que estão mais propensos, os documentos em papel ou os backup físicos;
  • Arquivar para maior clareza – Ter ficheiros digitais desorganizados pode ser tão frustrante como dispor de documentos físicos acumulados nas prateleiras. Se já não necessitamos de determinados documentos ou projetos, desloque essas pastas inteiras – incluindo as subpastas – para um diretório à parte. Desta forma poderá continuar a aceder a elas, mas estarão fora da sua vista.

3. Converter a digitalização numa rotina

  • Interiorizar o processo – Digitalize cada documento importante à medida que avança na sua viagem pela digitalização e torne esta ação num novo hábito;   
  • Digitalizar e reciclar – Quando terminar de digitalizar os documentos físicos, deite-os fora, a menos que sejam absolutamente importantes. Reciclando-os terá mais organizado o seu espaço de trabalho e estará a contribuir para a sustentabilidade do planeta;
  • Rever e renovar o seu enfoque – Se o papel se começar a amontoar outra vez, dedique algum tempo a rever o processo. Analise porque os documentos não são digitalizados e reciclados imediatamente para otimizar o sistema de arquivo.

4. Considerações práticas

  • Características ao comprar um scanner – A digitalização em frente e verso é fundamental para digitalizar diversos ficheiros, e uma resolução de 300 ppp seria suficiente para a digitalização de documentos nos ambientes domésticos e de pequenos escritórios, a menos que imagens e fotos detalhadas sejam frequentes. Se tem um trabalho pendente para completar, um alimentador automático de documentos (ADF) poderá processar uma pilha inteira de páginas que estão pendentes;
  • Portátil ou de secretária – Os scanners estão disponíveis em todos os tamanhos e formatos. Alguns estão desenhados para poder transportar, convertendo-se em soluções ideais para os trabalhadores de campo ou em mobilidade. Outros foram desenhados para serem guardados em gavetas e manter tudo organizado no espaço de trabalho em casa, ou se preferir colocá-los em cima de uma mesa. Em resumo, tratam-se de modelos de scanners que oferecem múltiplas opções de uso;
  • Incorporar OCR – O reconhecimento ótico de caracteres (OCR) torna os textos impressos editáveis, permitindo que a digitalização ocorra, facilitando a localização imediata de um documentos, pesquisando o seu conteúdo no sistema.

À medida que as considerações ambientais coincidam com a possibilidade da digitalização, a conversão de ficheiros de papel em formatos digitais será cada vez mais importante. Como tal, se ficou inspirado para eliminar a pilha de papéis do seu escritório, por que não começa já hoje?

Mais de Gestão documental

Também lhe pode interessar...

Error: Generic Text label 'Back to top' not set for language 'pt-PT' (Site: 'MAIN-PT').