Adicionado ao cesto
  1. Home
  2. Blog Brother Portugal
  3. Identificação
  4. 2020
  5. De volta à rotina: Qual a etiqueta que necessita?
Gama de Etiquetas Brother

De volta à rotina: Qual a etiqueta que necessita?

A necessidade de classificar, ordenar e identificar todo o tipo de documentos, objetos ou presentes é um novo hábito em crescimento, não só nos ambientes empresariais, como também na vida doméstica. O truque para que os resultados sejam satisfatórios está na escolha da etiqueta que melhor se adapta ao uso que lhe vamos dar. Damos-lhe alguns exemplos:

Imagine um profissional do setor elétrico e instalador, cuja rotina diária se encontra em criar e reparar instalações que necessita identificar. A variedade de materiais, superfícies e ambientes nos quais trabalha requerem etiquetas de diferentes composições.

Ou, extrapolando esta situação para cenários mais quotidianos: o que acontece se os mais pequenos necessitam utilizar diferentes materiais escolares, sendo estes quase similares no que diz respeito ao aspeto? A ação de identificar é uma realidade cada vez mais consolidada e solicitada numa grande diversidade de ambientes. Para isso, é importante que, no momento de executar este processo, os resultados obtidos sejam de qualidade.

Neste sentido, e tendo em conta as distintas necessidades que podemos encontrar, é lógico pensar que esta disparidade requer um produto distinto, adaptado a cada utilização. Para isso, é necessário observar a qualidade das etiquetas e o material de que se compõem. As etiquetas devem ser escolhidas conforme o uso, ambiente e durabilidade que os utilizadores necessitem.

Os tipos de fitas que podemos encontrar segundo a finalidade de uso são:

  • Standard: para superfícies lisas, planas, interiores e exteriores;
  • Têxtil: Termo adesivas para roupas e tecidos;
  • Super adesiva: para superfícies rugosas e com relevo, com 50% mais de adesão que as fitas standard;
  • Flexível de identificação: para superfícies curvas, embalagens, identificação de cabos e utilização em autoclave;
  • Mate laminadas: cores vivas para criar etiquetas elegantes;
  • Não laminadas: para uso geral em interiores, de 3’5 mm de largura para etiquetar caixas de CDs, dossiers ou material de escritório;
  • De segurança com padrão de manipulação: deixa uma marca de segurança quando é retirada;
  • Alta qualidade: para indústrias, que requerem grandes quantidades de impressão de fitas (imprime a alta velocidade) e que necessitam de elevada resolução;
  • Tubo Termo retráctil: perfeitas para identificar cabos. O tubo é contraído quando aplicado calor para se ajustar ao diâmetro do cabo.

Resumindo, uma ferramenta imprescindível, tanto na vida quotidiana como em ambientes profissionais. Pois a qualidade das fitas nas rotuladoras ou impressoras de etiquetas é um fator chave neste setor. Graças à ampla variedade e flexibilidade de aplicações os utilizadores podem poupar tempo e dinheiro na identificação de documentos, materiais, etc. Um pequeno instrumento que acabará por se converter no melhor aliado dos adeptos da ordem, qualquer que seja a sua necessidade.

Mais de Identificação

Também lhe pode interessar...

Error: Generic Text label 'Back to top' not set for language 'pt-PT' (Site: 'MAIN-PT').