Adicionado ao cesto
  1. Home Brother
  2. Blog Brother Portugal
  3. Identificação
  4. 2020
  5. Quais são os riscos para o consumidor de uma má etiquetagem na manipulação de alimentos?
Quais são os riscos para o consumidor de uma má etiquetagem na manipulação de alimentos

Quais são os riscos para o consumidor de uma má etiquetagem na manipulação de alimentos?

Todas as empresas de alimentação têm consciência que uma má etiquetagem dos alimentos pode trazer um grande perigo aos consumidores. Um dos problemas é que os erros nas etiquetas podem surgir em vários pontos da cadeia de transformação, e por isso é muito importante que os diferentes intervenientes tenham consciência da sua responsabilidade para minimizar os erros.

Problemas que implica um erro de etiquetagem na manipulação de alimentos

Devido à grande quantidade de etapas existentes na cadeia de produção dos alimentos, a rastreabilidade deve ser perfeita, uma vez que um erro em qualquer ponto pode derivar em consequências muito graves para os consumidores. Desde a origem do produto, cada manipulação deve ser identificada convenientemente. A etiqueta não só deve conter informação sobre a sua composição, como também sobre as condições necessárias para manter esse alimento em bom estado.

Um erro na composição de um produto poderia derivar em reações alérgicas (por exemplo, se não se especificou corretamente que inclui determinado ingrediente). Também é importante o estado e a conservação do produto. Isto pode ser refletido pela data de validade ou de consumo preferencial (que pode alterar se o alimento foi transformado) e com as condições de conservação, onde se especificam as condições de humidade ou temperatura, por exemplo, que são necessárias para que esse produto mantenha intactas as suas qualidades. Manter uma rastreabilidade fiável e uma etiquetagem livre de erros é fundamental para evitar problemas de intoxicação alimentar.

Que elementos devem figurar numa correta etiquetagem de alimentos?

Para evitar os problemas anteriormente mencionados de reações alérgicas ou intoxicações, há uma série de dados que devem figurar nas etiquetas, sem os quais não se pode garantir completamente a saúde do consumidor:

  • Ingredientes: todos e cada um dos ingredientes do produto, destacando especialmente os alérgenos;
  • Informação nutricional: sobre a composição e quantidades de certas substâncias como açúcar, sal ou gorduras;
  • Data de validade ou consumo preferencial: dado que esta data pode alterar quando é aberta uma embalagem, nas etapas intermédias do processo de produção certos alimentos (por exemplo, adicionar maionese a uma sandes ou descongelar) é importantíssimo marcar o alimento com a data atualizada, seguindo as instruções do fabricante;
  • Condições de conservação: tal como a data de validade estas podem variar se o produto for aberto; há que incluir as condições ideais de conservação do alimento, que normalmente se referem a questões de luz, temperatura e humidade;
  • Lote: contar com uma boa rastreabilidade do produto na etiqueta permite rastrear qualquer alimento até à sua origem e verificar deste modo se foram cumpridas todas as condições necessárias de conservação em cada etapa do processo.

Etapas críticas na etiquetagem de alimentos e problemas mais comuns

Em cada etapa do processo de transformação de um produto é vital manter a informação relevante dos alimentos, de forma apresentem sempre os dados para poder comprovar o estado dos mesmos e garantir a sua segurança. No geral, um produto embalado entregue diretamente da origem ao consumidor por norma corre menos riscos e tem menos problemas, uma vez que a sua manipulação implica, na maioria dos casos, apenas o transporte e a conservação. No entanto, se o produto final é um alimento transformado e composto por vários ingredientes ou alimentos que passam pelas mãos do manipulador de alimentos, a possibilidade de erros na etiquetagem aumenta, como também os perigos que implica.

Boa parte deste tipo de erros dá-se no momento de reetiquetar os produtos. Por exemplo, depois de abrir uma embalagem de um produto que vai ser utilizado em conjunto com outros. Apesar dos avanços na tecnologia de impressão, tanto fixa como portátil, muitas vezes continuam a utilizar-se as notas manuscritas nas etiquetas. A possibilidade de erro ao usar este processo é muito maior do que se utilizar uma identificação automática com equipamentos de cálculo e impressão adequados.

O mesmo acontece quando é necessário recalcular a data de validade de um alimento retirado da sua embalagem original ou descongelado. Fazer este cálculo de forma mental tem maior probabilidade de erro que utilizar a tecnologia específica para o efeito. A automatização deste tipo de processos reduz o número de erros na cadeia de produção, e por isso, ajuda a garantir a qualidade e a segurança dos alimentos quando chegarem à mão dos consumidores.

As chaves para uma boa etiquetagem por parte do manipulador de alimentos

As falhas na etiquetagem dos alimentos provêm na maioria das vezes de erros humanos, quer seja nas notas manuscritas quer seja por falhas no cálculo manual. A solução mais eficaz perante este tipo de erros é a de automatizar esses processos mediante dispositivos de impressão que sejam capazes de ler as etiquetas anteriores e conseguir gerar novas, com toda a informação exata e com o mínimo de intervenção humana. Isto é cada vez mais simples com a utilização das tecnologias de impressão portáteis que se podem usar de forma muito fácil em quase qualquer ambiente de trabalho.

A etiquetagem de alimentos é uma das tarefas mais importantes no processo de transformação na cadeia alimentar, já que garante a segurança dos alimentos e a saúde dos consumidores. Se toda esta informação não está clara, nem visível, nem é legível ou se é emitida com erros (por exemplo, ao fazer os cálculos mentais ou notas manuscritas) pode trazer riscos para os consumidores. Como é vital evitar este tipo de erros, nada mais fácil do que se apoiar nas últimas tecnologias de impressão e etiquetagem.

Mais de Identificação

Também lhe pode interessar...

Error: Generic Text label 'Back to top' not set for language 'pt-PT' (Site: 'MAIN-PT').