Adicionado ao cesto
  1. Home
  2. Blog Brother Portugal
  3. Impressão
  4. 2020
  5. A bandeja é a chave para não ficar sem papel
A bandeja é a chave para não ficar sem papel

A bandeja é a chave para não ficar sem papel

Quando procuramos um equipamento de impressão, começamos por ver ao pormenor os diferentes modelos que mais se ajustam às nossas necessidades, dando especial atenção ao preço e a características como velocidade de impressão, consumíveis, se tem WiFi ou se nos ajuda a poupar. No entanto, há um detalhe ao qual prestamos pouca atenção que é a bandeja de alimentação e da qual depende ficar sem papel mais cedo ou mais tarde, entre outras coisas.

Há equipamentos com bandeja normal, com dupla bandeja, com ADF ou com bandeja multipropósito. A dúvida é qual escolher?

A chave está no facto de manusear ou não vários tamanhos ou tipos de papel. Neste caso uma só bandeja vai limitar muito: por exemplo se tem que imprimir em A3, terá que retirar o papel A4 habitual, colocar o A3 e quando terminar voltar a trocar os papéis. E se ainda por cima são vários os utilizadores do equipamento tenha especial atenção pois pode alguém esquecer-se de trocar novamente o papel e acaba por imprimir no papel errado. Já lhe aconteceu isto?

Se isto é o que acontece consigo, ajudaria bastante ter um equipamento com dupla bandeja. Assim pode decidir se coloca papel A4 nas duas bandejas ou metade A4 e outra metade em A3 (verifique compatibilidade antes) ou metade papel normal e metade papel reciclado.

Outro aspeto a ter em conta é a capacidade da bandeja. Esta deverá depender da quantidade de documentos que imprime. A capacidade que necessita é aquela que lhe permite imprimir comodamente os trabalhos do dia a dia. Se imprime pouco, 100 folhas é o indicado. Se imprime todos os dias de forma habitual ou são várias pessoas a imprimir, a capacidade recomendada é de 250 folhas. Mas se o uso que dá à impressora é intensivo, a capacidade recomendada seria de umas 500 folhas e a partir daí é aconselhável que o equipamento tenha a possibilidade de adicionar mais bandejas de papel.

Por outro lado, a bandeja multipropósito é ideal para quando necessita imprimir documentos diferentes do tradicional. É uma bandeja para os papeis não aceites nas bandejas habituais, como por exemplo envelopes, posters, etiquetas…, e em vez de estar a adaptar a bandeja normal para este tipo de papeis, é mais seguro e recomendável alimentar através da bandeja multipropósito, que ao fim e ao cabo, foi desenhada e criada para isso. Função idêntica tem o alimentador manual de alguns equipamentos, só que, tal como indica o nome, alimenta-se folha a folha.

Em alguns equipamentos de tinta podemos, ainda, encontrar uma bandeja fotográfica junto à tradicional bandeja de entrada, pensada para imprimir fotografias de 10x15 cm com mais facilidade. A vantagem destas bandejas é a de ter vários formatos de papel e poder utilizar um ou outro conforme a necessidade. Para a utilizar, simplesmente, faça deslizar na totalidade a tampa da gaveta de saída do papel para a frente e feche-a quando quiser voltar a imprimir em formato A4.

Por fim, se a sua impressora é uma impressora multifunções poderá ter um Alimentador Automático de Documentos (ADF), que permite digitalizar, copiar ou enviar faxes de múltiplas páginas rápida e facilmente apenas colocando as folhas no alimentador superior, o que é de grande utilidade porque consegue poupar muito tempo nas tarefas diárias. Mas onde mais se nota a sua operacionalidade é nos equipamentos como os scanners duplex pois numa só passagem, lê ambas as faces do papel e isto reduz muito o tempo utilizado na digitalização já que não tem que digitalizar documentos com várias páginas através do vidro de exposição do multifunções: primeiro uma face, depois dá a volta à folha, digitaliza a outra face e volta a começar de novo….

Dito tudo isto, não concorda que a chave para não ficar sem papel está na bandeja?

Mais de Impressão

Também lhe pode interessar...

Error: Generic Text label 'Back to top' not set for language 'pt-PT' (Site: 'MAIN-PT').