Adicionado ao cesto
  1. Home
  2. Conheça a Brother
  3. Notícias Brother
  4. 2019
  5. Brother aumenta a taxa de reutilização

Brother aumenta a taxa de reutilização

A Brother trabalha para a concretização de uma economia circular, que trata a reciclagem como a última etapa da vida do produto

Como parte de seu compromisso contínuo com o meio ambiente, que abrange todos os princípios da economia circular - reduzir, reutilizar, reparar e reciclar equipamentos e consumíveis -, a Brother, especialista em soluções de impressão, identificação e digitalização, aumentou a taxa de reutilização dos seus equipamentos. Com novos modelos que podem ser reciclados duas ou mesmo três vezes, a empresa conseguiu aumentar as taxas de reutilização em pelo menos 10%.

Com uma unidade de tecnologia de reciclagem pioneira na Europa, e com instalações específicas para esse fim no Reino Unido e na Eslováquia, o objetivo da Brother é trabalhar para alcançar uma economia circular, um conceito sofisticado que trata a reciclagem como a última etapa da vida do produto. 

Os europeus consomem 58 milhões de toneladas de plástico por ano, dos quais 39% são eliminados e 31% são depositados em aterros, o que equivale a 25,8 milhões de toneladas sendo que, atualmente, apenas 30%* desse plástico é reciclado. A Brother tenta resolver esse problema no seu campo de ação, incentivando os seus clientes a reciclar consumíveis sem qualquer custo.

Ao priorizar os pilares de reutilização, restauração e reparação, os consumíveis da Brother podem ser reaproveitados e utilizados várias vezes. Se as peças de plástico não puderem ser recicladas, são trituradas num formato reutilizável, o que significa que os produtos no final da sua vida útil são utilizados como fonte de matéria-prima para novos produtos.

O processo de produção do fabricante

Fatores como o custo e a logística tornam a reciclagem e a reutilização incrivelmente difíceis. No entanto, para criar um processo eficiente, devemos também ter em conta o processo de fabrico, que envolve uma ampla gama de compostos de plástico, diferentes graus de qualidade e designs específicos de cada marca. Esta combinação de fatores significa que os fabricantes têm boas condições para reutilizar ou reciclar as suas próprias peças ou produtos de plástico, um facto que não escapou à atenção dos legisladores, que cada vez mais consideram que os sistemas de devolução dos produtos são a solução.

A indústria de impressão tem uma vasta experiência nesta área. Durante muitos anos, os clientes devolveram os cartuchos de tinta e toner aos fabricantes. Isto tem constituído uma oportunidade que tem vindo a permitir à Brother inovar e melhorar através da análise pós-uso.

Genuinamente mais verde, genuinamente melhor

Ao longo dos anos, os centros de tecnologia de reciclagem da Brother no Reino Unido e na Eslováquia fizeram grandes progressos na reutilização e reciclagem dos plásticos. Atualmente, 60% da produção é composta por material recuperado e reciclado.

Além do selo de toner ecológico fabricado pela Brother, o trabalho analítico tem ajudado a empresa a reduzir o uso de matérias-primas e a melhorar o design dos seus produtos de tinta e toner em termos de rendimento e durabilidade. Com alguns dos novos modelos, capazes de serem reciclados duas ou até três vezes, a empresa conseguiu aumentar facilmente as taxas de reutilização em pelo menos 10%.

Os consumíveis de impressão muitas vezes não são reutilizáveis ou recicláveis devido à sua composição de material indecifrável. A única maneira de contribuir para a proteção do meio ambiente é utilizar consumíveis originais.


Mais informações sobre a abordagem da Brother relativamente ao meio ambiente e à reciclagem

http://ec.europa.eu/environment/circular-economy/pdf/plastics-strategy.pdf