Adicionado ao cesto
  1. Home Brother
  2. Blog Brother Portugal
  3. Identificação
  4. 2021
  5. Amostras de laboratório: como criar um processo de etiquetagem eficiente
Amostras de laboratório Como criar um processo de etiquetagem eficiente

Amostras de laboratório: como criar um processo de etiquetagem eficiente

Os laboratórios médicos têm um papel crucial no sistema de saúde e a pandemia da COVID-19 mostrou como são importantes para o setor.

Para poder gerir períodos de elevada procura, os laboratórios necessitam funcionar de forma eficiente, fiável e rápida. No seu caso, trabalhar com a maior capacidade possível poderia ajudar a salvar vidas: para que os laboratórios possam ajudar a controlar a expansão de doenças potencialmente perigosas e reduzir o risco para outros a realização dos testes tem que ser rápida.

A pandemia acelerou o uso da tecnologia em todo o setor. Os centros de saúde adotaram a digitalização para tornar os seus processos tão simples quanto possível, inclusivamente em tempos de crise.

Vimos como a utilização de impressoras de etiquetas pode contribuir para que as amostras de laboratório sejam mais seguras e eficientes.

A segurança em primeiro lugar

Nas instalações de um laboratório médico é absolutamente crucial que qualquer amostra esteja etiquetada adequadamente para garantir a segurança do paciente. Além disso, isso ajuda a reduzir ao mínimo qualquer potencial risco de transmissão a outros.

As etiquetas manuscritas podem dar lugar a identificações incorretas (algo que poderia colocar em risco a segurança do paciente), enquanto que tecnologias como as impressoras de etiquetas portáteis evitam esse problema e eliminam o risco de etiquetas ilegíveis.

É o momento de ir ao essencial

No que se refere aos procedimentos, nos laboratórios de análises o tempo é vital: quanto mais rápidos e fiáveis forem mais testes se podem realizar e analisar. Assim, por exemplo, utilizar um equipamento que tenha incorporado um descolador, que ajuda a separar a etiqueta adesiva de plástico da mala de transporte, torna mais fácil colá-la em tubo, inclusivamente quando utilizam luvas. Além de tornar o processo mais rápido, este gesto assegura o cumprimentos das estritas normas de saúde e segurança.

Soluções flexíveis

As impressoras de etiquetas também aportam flexibilidade a um laboratório médico. Aqui, pode ser interessante contar com uma impressora de etiquetas que ofereça um amplo leque de tamanhos e formatos, de forma que se possa usar um só dispositivo para amostras de diferentes tamanhos. Isto inclui as pulseiras identificativas dos pacientes (que também se podem imprimir numa impressora de etiquetas), o que pode ser especialmente útil se o teste de um paciente for positivo e necessitar ser internado no hospital imediatamente.

Imprimir em movimento

A enorme escala da pandemia acelerou a necessidade de oferecer testes de forma móvel e a partir do veículo.  Para os funcionários isto implica um desafio adicional: trabalhar em ambientes e com espaço limitado.

É importante dispor das ferramentas e soluções corretas para operar segundo os mais altos padrões de qualidade apesar do stress extremo e da falta de pessoal. Por isso um dispositivo compacto e fiável que seja fácil de mover e de manter ajudará os fornecedores de saúde a manter o ritmo das novas necessidades.

Outra opção poderia ser um dispositivo com acessórios opcionais, como uma unidade de bateria ou interfaces WLAN ou Bluetooth, que permitem que a impressora possa ser acondicionada para uso móvel (num veículo). Alguns dispositivos com visor tátil inclusivamente podem ser utilizados como solução independente, sem necessidade de estarem conectados a um PC.

Integração com sistemas próprios

Para que o processo seja ainda mais simples, podem ser criados modelos personalizados utilizando um software de edição, de forma a que seja fácil e rápido selecionar o estilo da etiqueta da nossa escolha. Deste modo podem inclusivamente conectar-se a ficheiros Excel que por sua vez permitam realizar envios por email com a aplicação P-touch Editor. Por outro lado, a impressora de etiquetas também pode ser adaptada segundo as especificações nos requisitos dos sistemas que já utilizam e integrar-se com eles.

Não há dúvida de que a pandemia teve impacto no sistema de saúde e provocou muitas mudanças. A digitalização foi uma grande aliada na hora de ajudar o setor a lidar com estas circunstâncias incrivelmente complicadas. Com a tecnologia apropriada e os parceiros adequados para a implementar, este movimento rumo à digitalização no laboratório médico pode ajudar a obter resultados positivos a longo prazo para o pessoal e, consequentemente, oferecer melhores cuidados ao paciente.

Para mais informação sobre as nossas soluções de etiquetagem para laboratórios médicos pode contactar com os nossos especialistas no setor da saúde.

Mais de Identificação

Também lhe pode interessar...

Error: Generic Text label 'Back to top' not set for language 'pt-PT' (Site: 'MAIN-PT').