Adicionado ao cesto
  1. Home Brother
  2. Blog Brother Portugal
  3. Impressão
  4. 2021
  5. Printerfobia ultrapassada: 10 passos práticos para se converter num “expert em impressoras”
Printerfobia ultrapassada 10 passos práticos

Printerfobia ultrapassada: 10 passos práticos para se converter num “expert em impressoras”

Depois de ter lançado o tema da printerfobia – o medo de que a tinta saia do equipamento do escritório – gostávamos de ajudar os trabalhadores de Portugal a vencer os seus receios perante a impressão.

Aqui estão alguns conselhos para ajudar os printerfóbicos a que se convertam em “experts em impressoras” e mais calmos.

Os 10 melhores conselhos para superar a printerfobia

  1. Afaste os seus medos e dê uma oportunidade – uma atitude positiva ganha em quase todas as situações, por isso se estiver cansado de chamar os “experts em impressoras” ou pedir ajuda telefónica cada vez que necessita completar uma tarefa, porque não te juntas à missão de superar os medos da impressão?
  2. Conecte e funciona – conectar o seu computador com a impressora não deveria ser uma tarefa complicada. Em geral, as impressoras estão desenhadas para se conectarem com o computador ou dispositivo móvel em poucos e simples passos;
  3. Tente repor a tinta do seu tinteiro – um passo fundamental para vencer a #Printerfobia e converter-se num #expertsemimpressoras é controlar a mudança de tinteiro ou toner, especialmente se estiver a trabalhar desde casa e para isso o melhor é a prática. A prática dará a confiança e a calma necessárias em caso de emergência;
  4. Saber onde se guardam as recargas de consumíveis – os colaboradores com dúvidas sobre como usar uma impressora podem sentir-se desanimados devido a frustrações completamente alheias como não saber onde encontrar o papel para recargada, o toner ou a tinta quando estão no escritório. Deve prevenir isto tentando informar-se onde estão guardados estes objetos fundamentais ou assegurando-se de que tem sempre à mão um consumível de substituição disponível;
  5. Peça desmonstrações e acessos diretos às instruções dos seus equipamentos – pergunte ao responsável de TI da sua empresa (ou a um “expert em impressoras”) se lhe pode dar uma breve explicação de como utilizar a sua impressora, quer seja presencial ou de forma virtual. Isto permitirá possuir uma visão detalhada das funções do dispositivo, assim como verificar quando existe um problema. Se estiver a trabalhar em casa, simplesmente descarregue o manual de utilizador e tenha-o por perto;
  6. Explore o visor do dispositivo – alguns dispositivos modernos de impressão possuem interfaces intuitivos e visores táteis que são uma janela de acesso às suas funcionalidades e uma forma de resolver problemas. Explorando a impressora através do seu painel de controlo e aprendendo a navegar pelas suas funções, ajudará a antecipar-se a muitas das perguntas que poderia ter no futuro e reduzir o aparecimento de problemas à última da hora;
  7. Familiarize-se com as bandejas de papel – as bandejas de papel são muito pouco entendidas pelos printerfóbicos– “Porque temos tantas??” – “Para que servem?” – “Argh, repus o papel na bandeja errada”. Poupe tempo a recarregar papel quando ocorrer uma emergência sabendo que bandeja é utilizada para tamanho e tipo de papel;
  8. Acessos diretos às opções básicas de impressão – opções de impressão como as margens, orientação, branco e preto, cores, só uma face ou frente e verso, são configuradas a partir do computador quando envia os documentos para impressão. Familiarize-se com as opções básicas de impressão para poupar tempo. Pode aceder a elas mediante os acessos diretos Ctrl+P para PC e Command-P para os utilizadores de Mac;
  9. Praticar a digitalização – em princípio não há nada complicado no que diz respeito à digitalização - a complexidade chega na hora de decidir quando e como quer enviar o ficheiro digital. A variedade de opções pode converter este passo num pequeno desafio, e por isso em primeiro lugar deve definir a sua preferência. Quer seja receber o ficheiro digital no e-mail ou guardá-lo diretamente numa pen USB, tenha em conta a funcionalidade e faça o que for melhor para si;
  10. Os encravamentos de papel não são um pesadelo – se a sua impressora encrava, não tem que entrar em pânico. Normalmente o visor indicará onde poderá estar o problema. Simplesmente siga os passos indicados no visor ou reveja a sua impressora para eliminar qualquer papel encravado. Quando o encravamento estiver solucionado, continue com normalidade o seu dia.

Quando tiver experiência, tiver melhorado as suas habilidades e silenciado os seus medos, porque não incentivar outros a ultrapassarem também esses receios?

Os printerfóbicos reformados convertem-se nos melhores porta-vozes e nos mais apaixonados “experts em impressoras”, por isso, ajude-nos na nossa missão de melhorar as capacidades de impressão dos portugueses.

Mais de Impressão

Também lhe pode interessar...

Error: Generic Text label 'Back to top' not set for language 'pt-PT' (Site: 'MAIN-PT').