Adicionado ao cesto
  1. Home Brother
  2. Blog Brother Portugal
  3. Transformação digital
  4. 2020
  5. NFC: Bem-vindo à conexão segura entre dispositivos
NFC Bem-vindo à conexão segura entre dispositivos

NFC: Bem-vindo à conexão segura entre dispositivos

Embora possa parecer uma tecnologia relativamente nova, não é... Está disponível desde 2003 e a sua utilização é popularizada devido à facilidade e segurança com a qual é capaz de conectar dois dispositivos entre si. Dizemos-lhe de seguida no que consiste esta tecnologia...

NFC é resultado da conjugação das siglas de Near Field Communication, ou seja, uma tecnologia sem fios que funciona na banda dos 13,56 MHz – por isso não necessita de nenhuma licença administrativa para transmitir – e que deriva das etiquetas RFID. O curto alcance em que opera permite interconectar vários dispositivos eletrónicos de uma forma simples e a uma distância não superior aos vinte centímetros com velocidades de transmissão de 106, 212 e 424 Kbps.

Uma vez explicada a teoria, vejamos a prática: como funciona esta tecnologia? A comunicação produz-se quando dispositivos NFC estão próximos entre si, e por isso a comunicação é intrinsecamente segura devido a esse curto alcance. Isto torna difícil para outro dispositivo captar o sinal.

A tecnologia NFC pode funcionar de dois modos:

  • Ativo, em que ambos os equipamentos com chip NFC geram um campo eletromagnético e trocam dados entre si;
  • Passivo, em que só há um dispositivo ativo e o outro aproveita esse campo para trocar informação.
NFC: Bem-vindo à conexão segura entre dispositivos

Contudo, é de ressalvar que embora a tecnologia NFC permita a troca de dados entre dispositivos, não se destina à transmissão de dados em massa, nem oferece características semelhantes às oferecidas por Bluetooth ou WLAN, mas sim à comunicação entre dispositivos com capacidade de processamento, tais como telemóveis, computadores ou impressoras. Daí ser uma tecnologia complementar das anteriormente mencionadas e não substituta.

As suas utilizações podem ser muito diversas:

  • Identificação de acesso a certos lugares, como é o cado dos passes de transporte;
  • Recolha/troca de dados: a sua combinação com as etiquetas RFID permitem informar onde estamos, receber informação de um evento ou estabelecimento de forma imediata;
  • Pagamentos com telefone móvel: a comodidade de uso e o facto de a despesa poder estar associada à nossa fatura ou conta bancária são argumentos poderosos para estabelecer esta tecnologia como um método de pagamento do futuro.

Mais de Transformação digital

Também lhe pode interessar...

Error: Generic Text label 'Back to top' not set for language 'pt-PT' (Site: 'MAIN-PT').