Adicionado ao cesto
  1. Home Brother
  2. Blog Brother Portugal
  3. Transformação digital
  4. 2021
  5. Depois da pandemia, em que deve investir o retalho?
Depois da pandemia, em que deve investir o retalho

Depois da pandemia, em que deve investir o retalho?

A revolução do retalho já estava em marcha antes da pandemia a acelerar. Nessa linha, a emergência mundial derivada da COVID-19 forçou os retalhistas a atualizarem as suas tecnologias para que os seus negócios não fiquem para trás e sejam verdadeiramente digitais. Para o conseguir de forma eficaz, o investimento em segurança e sustentabilidade deve ser imediato, sendo estes dois os fatores principais que os agentes do mercado devem ter presente.

Por um lado, temos a sustentabilidade, fator chave e importante para o progresso do setor do retalho. Os clientes procuram mais transparência e desejam entender de onde vêm os produtos para assim reduzir o seu próprio impacto meio ambiental com as suas compras. Por causa disso, as inovações eco-friendly por parte dos retalhistas destacam-se no mercado. Mas para as empresas isto implica também um desafio: devem adotar uma visão mais criativa e conseguir uma eficiência ainda maior para assegurar e manter a poupança nos custos.

E por outro, segundo um estudo realizado pela Brother encontra-se a segurança, assente em três pilares fundamentais: a confidencialidade, a integridade e a acessibilidade, que garantem a salvaguarda dos dados dos seus clientes e do negócio em si.

Portanto, este é o momento para os retalhistas investirem em novas tecnologias e transformação digital? Sim, encontramo-nos agora perante o momento em que as empresas devem investir em fluxos de trabalho mais simples e minimizar a sua carga administrativa. Com isso poderão aumentar a sua produtividade e desbloquear o seu potencial para cobrir as necessidades e requisitos da nova geração de compradores, assim como a necessidade de instantaneidade e oferecer-lhes uma experiência inspiradora em todo o processo.

Com todos estes desafios em mãos, este setor necessita de ferramentas que o ajudem a efetuar esta mudança: é o momento de incluir a tecnologia nos seus processos. Considerando a diversidade de opções que existem, a pergunta é: em que tecnologias deveriam investir os retalhistas?

  1. Identificação e arquivo automáticos de documentos digitalizados

    Os proprietários dos pequenos comércios asseguram que contar com a identificação e arquivo automatizados lhes oferece uma série de benefícios que levam a um aumento da produtividade, incluindo o tempo poupado em tarefas administrativas manuais, a redução de erros e a descida de custos operacionais. Do mesmo modo, também o veem como um complemento para aumentar a segurança e os ajudar a apoiar os objetivos de sustentabilidade, uma vez que reduz o número de páginas impressas produzidas.

  2. Reconhecimento de caracteres para criar documentos editáveis

    Além da considerável poupança de tempo, os colaboradores reduzem a duplicação de tarefas e reportam menos erros, o que lhes permite focarem-se em áreas de maior valor acrescentado e impulsionar a produtividade.

  3. Integrar sistemas de terceiros como assistentes digitais

Ao introduzir cenários baseados em regras como a tecnologia IFTTT (If This Then That), que ajuda todas as aplicações e dispositivos a conectarem-se entre si, avançam um passo mais em direção à automatização inteligente de processos de negócio manuais.

Sobretudo, o uso de assistentes digitais pode libertar os colaboradores para que se foquem em tarefas mais relevantes e produtivas, como tratar dos clientes. No entanto, a segurança é uma enorme ameaça para os retalhistas na era do RGPD no que diz respeito ao recurso mais precioso e potencialmente perigoso que têm: os dados dos clientes.

Além de estarem a construir as bases para futuras inovações em segurança, sustentabilidade e tecnologia, muitos retailers também estão a rever os seus sistemas de backoffice para maximizar a sua produtividade e assim tornar mais eficientes os seus processos e resultados.

É por isso, que muitas vezes as impressoras e scanners são vistos como uma componente integral mas básica do ambiente de trabalho no escritório. No entanto, investir na solução de impressão adequada pode trazer enormes benefícios para qualquer empresa, incluindo cobrir os objetivos de sustentabilidade e segurança.

Novas tecnologias, segurança, sustentabilidade e impressão. Todas elas são importantes pilares no objetivo comum: o sucesso. Concluindo, e em linha com a pesquisa de mercado realizada pela Brother sobre o setor do retalho as PMEs e grandes empresas de retalho podem – e devem - transformar os seus fluxos de trabalho para impulsionar o seu crescimento e, ao mesmo tempo, estarem à frente da concorrência enquanto o mundo entra nesta ‘nova normalidade’.

Mais de Transformação digital

Também lhe pode interessar...

Error: Generic Text label 'Back to top' not set for language 'pt-PT' (Site: 'MAIN-PT').