Adicionado ao cesto
  1. Home Brother
  2. Blog Brother Portugal
  3. Impressão
  4. 2022
  5. Como incorporar os princípios da Economia Circular
B43 - Circular Economy for business printing

Como incorporar os princípios da Economia Circular

É um facto que os recursos disponíveis no nosso planeta são limitados. Por isso, cada vez somos mais conscientes de que devemos abandonar o nosso comportamento tradicional de ‘comprar, usar e deitar fora’, que faz com que esses recursos se desperdicem e que muitos componentes que podem ser reutilizados acabem nos aterros.

Isto está a impulsionar aquilo que conhecemos como Economia Circular, um modelo económico desenhado para transformar a nossa realidade de “usar e deitar fora” numa onde que os recursos voltam a ser usados para reduzir os resíduos e reduzir o nosso impacto no meio ambiente.[1]

Se nos centramos em tudo aquilo que deitamos fora, os resíduos elétricos e eletrónicos (RAEE) são os que mais rápido crescem na UE e mais de 60% desses resíduos vão parar aos aterros.[2] Por isso é cada vez mais necessário contribuir para essa Economia Circular.

Em que consiste a Economia Circular?

Em poucas palavras, a Economia Circular é um modelo de produção e consumo que consiste em reutilizar, reparar, renovar e reciclar os materiais e produtos existentes durante o maior tempo possível. Deste modo, prolonga-se o ciclo de vida dos produtos, reduzem-se os custos de substituição e recuperam-se os materiais no final da vida útil de um produto para utilizar em futuras produções.[3]

Se a sua empresa é daquelas que está a levar a cabo uma avaliação do impacto que tem no meio ambiente, é importante que escolha um parceiro tecnológico que se adapte aos seus objetivos de sustentabilidade. Um passo simples que ajudará a sua empresa a ter uma mentalidade mais "circular".

Como posso impulsionar a Economia Circular nos processos de impressão?

  1. Prolongue a vida da impressora

    Para reduzir o impacto ambiental necessita de uma impressora que se possa reparar e atualizar facilmente, para que se utilizem menos recursos do que na substituição total da impressora.

    Na hora de escolher um fornecedor de equipamentos de escritório, é importante ter em conta aqueles que se destacam por oferecer soluções mais duradouras. Isto, combinado com uma manutenção regular, garante que a impressora dura mais, o que permite adotar um modelo de reparação modular que evitará que se deitem fora impressoras que podem ser reparadas e cujas peças podem ser facilmente substituídas.

    A reparação modular permite retirar, atualizar e melhorar muitos componentes sem ter que substituir todo o dispositivo. As atualizações de software também se podem realizar de forma remota para garantir que a impressora conta com o sistema e as funcionalidades mais recentes. Isto significa que, com o tempo, pode adquirir melhores especificações e assegurar-se de que os dispositivos estão o mais preparados possível para o futuro.

     

  2. Recicle os tinteiros e toners

    O recondicionamento e a reprodução constituem o centro da Economia Circular e muitos fornecedores oferecem um programa gratuito de reciclagem de consumíveis da impressora, que, em alguns casos, significa cartuchos com cerca de 95% de peças reutilizadas para fabricar novos toners e os que não podem ser reutilizados são desmanchados e convertidos em toners 100% reciclados.

    Alguns colégios, organizações de solidariedade e pontos de reciclagem recolhem consumíveis vazios das impressoras para os reciclar ou reutilizar com o objetivo de reduzir os resíduos que vão parar aos aterros. Ainda assim, a algumas das peças recicladas será dada uma nova vida em novos produtos, completando assim o círculo.

     

  3. Recicle a impressora

Além dos toners e dos tinteiros, as próprias impressoras também podem e devem ser recicladas. É importante maximizar a vida útil da impressora, pelo que, se é possível reutilizá-la, essa deve ser a prioridade. A opção seguinte é desmontá-la para a reciclar, os componentes em separado podem ser reutilizados ou reciclados e, inclusivamente, pode ser dada uma nova vida à carcaça.

Consciente da sua importância, a UE conta com diretrizes sobre a quantidade de resíduos de aparelhos elétricos e eletrónicos gerados, que foram desenhados para impulsar a produção e o consumo sustentáveis, aumentar a eficiência dos recursos e contribuir para a Economia Circular.


[1] https://ellenmacarthurfoundation.org/topics/circular-economy-introduction/overview

[2]https://www.europarl.europa.eu/news/en/headlines/society/20201208STO93325/e-waste-in-the-eu-facts-and-figures-infographic

[3] https://wrap.org.uk/resources/guide/electricals/repair-electricals#

4https://ec.europa.eu/environment/topics/waste-and-recycling/waste-electrical-and-electronic-equipment-weee_en

5.  Poupança de até 70% com base na subscrição EcoPro face à compra de uma impressora e fornecimento de tinta e toner em separado. A poupança real depende do plano e do modelo de impressora selecionado.

Mais de Impressão

Também lhe pode interessar...

Error: Generic Text label 'Back to top' not set for language 'pt-PT' (Site: 'MAIN-PT').