Adicionado ao cesto
  1. Home Brother
  2. Blog Brother Portugal
  3. Transformação digital
  4. 2020
  5. Qual será o papel da tecnologia no local de trabalho do futuro
Qual será o papel da tecnologia no local de trabalho do futuro?

Qual será o papel da tecnologia no local de trabalho do futuro

A tecnologia revolucionará de tal forma a natureza do trabalho que um dia poderemos efetuar as nossas tarefas diárias a partir de qualquer lugar que consideremos adequado.

Passos para um posto de trabalho virtual e conectado

Num futuro próximo, a coluna vertebral tecnológica do trabalho deixará de ser física e passará a ser virtual, graças à consolidação de múltiplos sistemas num único ecossistema conectado de forma fluída.

A criação ou adoção de uma só tecnologia não será necessariamente o que ajudará a conseguir estas grandes oportunidades de trabalho. Pelo contrário, a convergência e integração de muitas tecnologias permitirão aos colaboradores de grandes e pequenas organizações, trabalhar em qualquer lugar, em qualquer momento e de qualquer forma.

De seguida, apresentamos 4 simples passos para chegar a um ecossistema virtual conectado:

  1. Migração do servidor físico para a nuvem: além da poupança de espaço, a redução das faturas de energia e a melhoria de segurança, a migração à nuvem pode ajudar também a aproveitar a automatização do fluxo de trabalho para os processos empresariais críticos1. Esta mudança também melhora significativamente as capacidades de armazenamento e a nossa capacidade para trabalhar em qualquer lugar, em qualquer momento e a partir de qualquer dispositivo. Essencialmente, a nuvem é um pilar crítico da experiência de trabalho remota perfeita.
  2. Adotar o novo enfoque de aquisição tecnológica: os responsáveis de compra tecnológica nos escritórios estão a adotar cada vez mais formas contratuais de financiamento em vez de comprar novos equipamentos diretamente. À medida que a importância da interoperabilidade acelera, será cada vez mais difícil desenhar sistemas totalmente compatíveis internamente, e em vez de utilizarem uma diversidade de fornecedores, as empresas irão procurar um fornecedor que possa facultar um pacote totalmente integrado, que abranja desde as subscrições de software até à gestão da impressão. De forma crítica, isto também fará com que as empresas tenham novas capacidades.
  3. Manterem-se na vanguarda com as conexões mais rápidas: à medida que nos preparamos para entrar numa era na qual praticamente todos os dispositivos do escritório geram dados na Internet das Coisas (IdC), a velocidade de conexão será crítica tendo em conta que mais dispositivos utilizam a largura de banda. É necessário assegurarem-se de que a rede WiFi da empresa é o mais rápida e fiável possível. Além de se certificarem em dotar os colaboradores da última tecnologia de conectividade móvel: o 5G, pelo menos 20 vezes mais rápida que a sua antecessora, fará do armazenamento em buffer seja uma coisa do passado.
  4. Implementar, testar: apenas através da experimentação de novas tecnologias as empresas podem colocar à prova a sua viabilidade, melhorar os processos, desbloquear ganhos de produtividade e converterem-se nos verdadeiros líderes do seu setor.

A tecnologia do futuro e o seu papel no local de trabalho

Se considerarmos o conceito de local de trabalho virtual conectado como um trampolim, as tecnologias emergentes e a aprendizagem automática contribuirão para ele de uma maneira que só agora podemos começar a imaginar:

  • Colaboração remota: a interação através da tecnologia é cada vez mais realista graças à realidade virtual, na qual será possível fazer demonstrações de produtos e efetuar reuniões muito mais atrativas à distância. Isto também será reforçado pela tecnologia de visores interativos e as inovações da indústria dos videojogos, como a tecnologia de controlo de movimentos, que nos permitirá controlar qualquer coisa, desde grandes configurações até à iluminação simplesmente movendo as mãos.
  • Assistência de voz e comando: a tecnologia que atualmente é pioneira no mundo do consumo, como Alexa, Cortana e Siri, vai-se integrar no local de trabalho. No futuro, será possível encontrarmo-nos a fazer pedidos a assistentes virtuais e a ditar a softwares de mecanografia automatizados, aumentando assim a interação entre humanos e máquinas.
  • Acesso biométrico: a segurança será reforçada consideravelmente à medida que os trabalhadores entrem nos edifícios e se conectem aos sistemas com acesso de pegadas digitais, retina ou voz.
  • Antecipação das necessidades do utilizador e autodiagnóstico: a tecnologia inteligente no local de trabalho, como as impressoras multifunções inteligentes, poderá antecipar-se às necessidades dos utilizadores, gerindo e controlando as peças ou peças de substituição para maximizar o tempo de atividade, eliminando assim outra barreira à produtividade.
  • Aprendizagem omnipresente: é um movimento que poderia alcançar grandes eficiências no local de trabalho, os algoritmos rapidamente acelerarão a finalização de tarefas mediante a extração de dados e a resolução de problemas de produtividade, que os humanos quem sabe numa identificaram.

O futuro está conectado e o seu potencial é ilimitado. As mudanças físicas e entre gerações adicionam detalhes ao mapa emergente, é a tecnologia o que realmente dará forma ao futuro local de trabalho. 

1 Quocirca Print 2025, Digitalização: A chave do êxito das PYMES

Mais de Transformação digital

Também lhe pode interessar...

Error: Generic Text label 'Back to top' not set for language 'pt-PT' (Site: 'MAIN-PT').