Adicionado ao cesto
  1. Home Brother
  2. Blog Brother Portugal
  3. Transformação digital
  4. 2022
  5. Estão os consumidores e o retalho preparados para uma sociedade sem dinheiro efetivo?
FY22BPTEsto os consumidores e o setor do retalho preparados para uma sociedade sem dinheiro efetivo4

Estão os consumidores e o retalho preparados para uma sociedade sem dinheiro efetivo?

A pandemia da COVID-19 obrigou os consumidores a adaptar o seu comportamento de compra de muitas maneiras. Uma das mudanças mais notáveis foi o aumento dos pagamentos com cartão e consequente descida do uso de dinheiro.

Tem-se vindo a debater sobre o impacto de uma sociedade sem dinheiro em efetivo desde a chegada da banca eletrónica na década dos anos 90 e não se pode negar que o futuro do setor do retalho e a transformação digital do mesmo, acelerou durante a pandemia. Mas estará o dinheiro em efetivo realmente em perigo de extinção?

Em dezembro de 2020, as transações em efetivo na Europa continuavam a representar quase metade do total dos pagamentos. No entanto, as novas estimativas mostram que vão cair a um ritmo anual entre os 2,3 e os 6,2% em toda a Europa1.

 

Estamos perante uma sociedade sem dinheiro em efetivo?

As transações com cartão são cada vez mais comuns na Europa. Os pagamentos com chip e PIN estão a liderar o mercado, com um aumento mensal de 8% nos três meses posteriores à redução das restrições do confinamento1.

Os pagamentos sem contacto também aumentaram à medida que os consumidores foram optando por este método de pagamento pela sua distância social. Para minimizar o contacto com outras pessoas, muitos estabelecimentos aumentaram o limite dos pagamentos com cartão, o que impulsionou ainda mais este processo para se converter no método convencional. Além disso, segundo o gigante financeiro Visa, existe um crescimento dos pagamentos sem contacto em toda a Europa, já que 80% das transações com cartão em lojas são agora contactless2.

 

As compras com cartão oferecem um bom serviço ao cliente?

A pandemia gerou condições difíceis para o setor do retalho. Mas se este quiser prosperar na nova era de compras, é vital que responda com processos que reflitam as necessidades em constante mudança dos consumidores.

86% dos responsáveis de bancos de todo o mundo está de acordo que é importante que os consumidores tenham influência na personalização da sua experiência financeira como utilizadores3. Por isso, os profissionais do setor do retalho inteligentes estão a explorar formas de aceitar pagamentos que melhorem a experiência pessoal do consumidor.

De facto, oferecer opções que deem aos clientes a flexibilidade de pagar utilizando o método que escolherem é agora fundamental para oferecer um bom serviço ao cliente, quer seja utilizando a tecnologia contactless ou outros métodos de pagamento, como Klarna ou PayPal, em todas as lojas.

 

Como pode a tecnologia ajudar-nos a oferecer uma melhor experiência aos nossos clientes?

 

A tecnologia mudou as nossas expetativas como consumidores e a indústria do retalho viu-se obrigada a mudar como consequência da rápida evolução das suas necessidades. Os clientes que agora se sentem cómodos com a rapidez e a simplicidade das transações sem dinheiro em efetivo estão a fazer com que o setor do retalho desenvolva soluções que abordem outros quebra cabeças para os consumidores.

Por exemplo, uma das maiores queixas dos clientes é o tempo que perdem nas filas. Graças às novas tecnologias, o ponto de venda pode estar em qualquer parte da loja para que o pagamento sem efetivo tenha lugar em qualquer localização em que se encontre o cliente.

Mas, quer se trate de terminais de pagamento móveis, que reduzem as filas nas caixas, quer de pontos de pedido e pagamento digitais que agilizam as transações, ou simplesmente as vantagens higiénicas de não ter que manusear dinheiro, a crescente expetativa de que a tecnologia torne as coisas mais simples, fáceis e rápidas está a transformar a experiência do cliente para todos nós.

Os sistemas de pagamento flexíveis e contactless estão no centro dessa mudança e as empresas que estiverem cada vez mais preparadas para adotar esta revolução dos pagamentos sem efetivo serão as que têm mais probabilidade de triunfar na “nova normalidade" do retalho.

 

Fontes:

1Fonte: ‘Covid-19 and European Retail Payments’ (Oliver Whyman, dezembro 2020)

2 https://www.finextra.com/newsarticle/37803/contactless-payments-surge-across-europe

3 https://www.stylus.com/new-ways-to-pay

 

Mais de Transformação digital

Também lhe pode interessar...

Error: Generic Text label 'Back to top' not set for language 'pt-PT' (Site: 'MAIN-PT').